sábado, 12 de agosto de 2017

O bicho mais feroz


         


 
 
 
 
 
Está a Terra tão empestada

com o bicho mais feroz

que não serve para nada,

grotesco, brutal, algoz!

 

Bicho grande que caminha

em pé nas patas traseiras,

engana como a doninha,

e incendeia com as dianteiras.

 

Destrói o sistema ecológico,

destrói tudo, toda a Terra!

É um ser terrível, diabólico,

o mais brutal da nossa era!

 

Tudo destrói, nada resta!

Já matou a fantasia

destruindo a floresta!

Matou também a poesia!

 

Do que dela, apenas resta

é a forma destes meus versos

denunciando a ação funesta

em gritos fortes imersos!

              «»

                       Zélia Chamusca

Sem comentários:

Enviar um comentário